A Importância dos Alimentos Fermentados

05 Jul 2018 8 comments daniela Categories Blog, Uncategorized

Alimentos Fermentados

Se desejamos usufruir uma boa saúde, cuidar o aparelho digestivo é fundamental. É possível fazer mudanças profundas no nosso organismo se mudarmos a condição do tracto digestivo, particularmente dos intestinos e da flora intestinal, a famosa microbiota. É aqui que entram os alimentos fermentados.

Apesar de existirem há milhares de anos, e de durante muito tempo estarem presentes nas mesas de todos nós, verificamos que hoje isso não acontece. Parece até que estamos a “descobrir” estes alimentos.

O nosso intestino é povoado por milhares de bactérias, que se forem benéficas, isto é, se fizerem parte da nossa flora intestinal natural, nos ajudam a ter mais saúde reforçando o sistema imunitário. Infelizmente, os maus hábitos alimentares modernos tendem a destruir a flora intestinal, fazendo com que os microorganismos saudáveis sejam mortos e substituídos por outros indesejáveis. A alimentação moderna é excessivamente processada e cozida, sem vida, possui poucas enzimas naturais, e sem as bactérias benéficas vivas que o intestino precisa para manter-se em equilíbrio.

Uma solução fácil e deliciosa para este problema é adicionar alimentos probióticos e fermentados na nossa alimentação, ajudando a repovoar o nosso intestino!

Os alimentos fermentados beneficiam o sistema digestivo de três formas:

  •  fornecem enzimas e vitaminas que ajudam na assimilação dos alimentos
  • repovoam a flora intestinal com bactérias, tornando-nos mais saudáveis
  • auxiliam a produção moléculas de assimilação fácil, porque o alimento já está “desdobrado”. Por exemplo, no miso, as proteínas da soja, que normalmente são de difícil assimilação, são convertidas em aminoácidos (moléculas mais simples e por isso mais fáceis de absorver)

Os nossos amigos nepaleses têm o habito de ingerir este tipo de alimentos em quase todas as refeições. Acho que nós podemos adquirir esse bom hábito de ingerir alimentos fermentados de boa qualidade todos os dias. Idealmente, a todas as refeições. É importante referir que deve escolher alimentos cujo processo de fermentação seja realizado de forma natural, e não produtos que tiveram o processo de fermentação acelerado por químicos, pois esses não são benéficos para o organismo.

De forma a garantir a qualidade do seu alimento fermentado, o melhor mesmo é fazê-lo em casa. Assim garante a qualidade do fermentado e que de facto está cheio de bactérias benéficas, com o beneficio de poupar a carteira, porque sai infinitamente mais barato fazer do que comprar pronto.

Existem mil e uma forma de fermentar, as que eu mais gosto é de fazer salada prensada ou uns pickles rápidos com umeboshi.

Fica aqui a receita para começarem já.

Picles de rabanete

Estes picles são muito fáceis de fazer e muito rápidos. Não há desculpas para não utilizar alimentos fermentados e assim contribuir para melhorar a nossa saúde.

Ingredientes:

  • 1 tigela de rabanetes cortados em rodelas finas,
  • 1 colher de sopa de vinagre de ameixa umeboshi,

Preparação:

Coloque os rabanetes num recipiente com o vinagre de ameixa. Envolva bem e deixe repousar durante uma hora. De vez em quando vá mexendo. Na hora de servir deve notar que a quantidade de líquido na tigela aumentou, o que significa que a fermentação está a ocorrer.

Dica: em vez dos rabanetes pode usar nabo, rábano ou outras raízes como cenouras ou beterraba. Tenha em consideração que quanto mais fino for o corte, mais rápida será a piclagem. As raízes mais duras como as cenouras e as beterrabas, podem demorar um pouco mais a piclar/fermentar.

Atrevam-se a ser diferentes!

Alimentem-se de uma forma consciente!

Daniela Ricardo  aBiofamily

8 comments found
    • daniela

      Olá querida Irene, muito obrigada pela sua partilha.
      O vinagre de ameixa normalmente encontramos em supermercados biológicos e lojas de produtos naturais.
      Beijinhos.

Deixe-nos o seu comentário!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *